PUBLICIDADE

Topo

“Roubei o namorado da minha prima e agora estou morrendo de culpa”

Universa

11/09/2020 04h00

(Pexels)

Está precisando de um conselho? Mande a sua pergunta para se.conselho.fosse.bom@bol.com.br

Tomei o namorado da minha prima. Hoje estamos juntos, mas ainda sentimos muita culpa. O que posso fazer?
– Quero me redimir
– Cara quero me redimir
Fico um pouco feliz que você sinta culpa. É sinal de que está com o compasso moral bem ajustado e que sabe que fez algo errado. Infelizmente, não tem como eliminar essa culpa de uma hora para a outra. Você deveria pedir desculpas para a sua prima, mas vá sabendo que ela pode não aceitá-las. Nesse caso, não insista para que "fique tudo bem". Aceite que você vai viver nesse desconforto por um tempo. Ao mesmo tempo, você não roubou o namorado dela apenas para se divertir –vocês dois tinham sentimentos verdadeiros, tanto que estão juntos hoje em dia. O amor é assim mesmo, nem sempre controlável e perfeitamente dentro das regras. Dê tempo ao tempo. Respeite o espaço da sua prima, não exija que vocês sejam amigas como antes. Um dia, ela vai perceber que esse rapaz não era o cara para ela e tudo isso só vai ser uma lembrança distante.

Veja também

"É errado eu ficar com o cara por quem minha amiga casada está apaixonada?"
"Larguei a ex para ficar com um homem, mas não estou feliz. E agora?"
"Minha ex casou com outro e agora fica me procurando"

Olá. Eu sou casado, mas continuo me masturbando. Isso é bom ou é ruim?
– Digitando com uma mão
– Caro digitando com uma mão
É bom, é saudável. Continue assim.

Sou separada e independente. Conheci meu fisioterapeuta na mercearia do lado da minha casa, nos olhamos um pouco diferente, mas sou muito tímida. Agora ele vem duas vezes por semana na minha casa fazer terapia no meu ombro. Ele é muito educado e profissional e eu continuo na minha, mas queria ter coragem de perguntar se ele estava a fim de tomar um café comigo. Sou mais velha que ele uns 8 anos. O que você faria?
– Falta iniciativa
– Cara falta iniciativa
Primeiro, termine o tratamento. Depois copie e cole a seguinte frase no seu WhatsApp: "Oi, [preencha aqui o nome da pessoa amada]. Como estão seus planos para essa semana? E se a gente tomasse um café no [preencha aqui a data e o horário preferíveis]? Eu iria gostar de te conhecer melhor. Um beijo."

Vem transar comigo?
– Ôloco, meu
– Caro Ôloco, meu
Para você e todas as outras pessoas que mandam esse mesmo comentário: procurem coisa melhor para fazer.

Está precisando de um conselho? Mande a sua pergunta para se.conselho.fosse.bom@bol.com.br

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre a Autora

Karin Hueck é jornalista e escritora. Foi editora da revista "Superinteressante", colaborou para alguns dos maiores veículos do Brasil e tem 5 livros publicados.

Sobre o Blog

Se Conselho Fosse Bom é uma coluna de conselhos sentimentais, existenciais e práticos. Está com problemas no trabalho? Sua família te enlouquece? Não sabe se casa ou compra uma bicicleta? Mande as suas dúvidas para o se.conselho.fosse.bom@bol.com.br As respostas são 100% anônimas.